Pedalando em Edmonton

Eu gosto muito de andar de bike aqui em Edmonton, e sei que não sou a única. Não, não, Edmonton não é nenhuma Amsterdã ou Copenhague da vida, e nem tem aquele clássico sistema de aluguel de bicicletas, tão comum em tantas cidades do mundo (até no Rio tem). Ainda assim, é super tranquilo de passear por aqui.

Na verdade, depende do seu ponto de vista. Já vi gente reclamando que a cidade não é adequada para ciclistas, e realmente, se comparada a muitos lugares por aí, não é mesmo. Ciclovias são raras (geralmente apenas em parques), e no máximo, algumas ciclofaixas aqui e ali, ou então vias compartilhadas. Nesse ponto, a cidade deixa a desejar mesmo.

Ju Pedalando

As alternativas são passear pela calçada ou na rua mesmo, junto com os carros. Eu não vejo muito problema nisso, pois dependendo de onde você esteja, as calçadas são quase desertas e os motoristas costumam respeitar o espaço do ciclista (vejam bem, eu venho do Rio, onde pedalar na rua ou na calçada era um desafio constante – principalmente pelo altíssimo tráfego de pessoas e carros). Até o momento nunca tive problemas, e a bicicleta é nosso meio de transporte número 1 por aqui. Como moro perto do centro, acabo usando a magrela pra ir pra lá quando preciso – e meu marido usa para ir até a NAIT.

Durante o verão, pedalar era muito bom: dias longos, temperaturas elevadas, muitas horas de sol…. foi de bike que fomos ao K-Days, por exemplo, e ao Heritage Festival. Eu sempre via gente de manhã cedo pedalando também, com roupas normais (ou seja, sem ser roupa esportiva), e imagino que eram pessoas indo para o trabalho ou para aula.  Como no verão amanhecia às 5h30, quem precisava sair cedo de casa já contava com sol e tempo bom pra pedalar.

Bicicletário XICANTE no Heritage Festival
Bicicletário XICANTE no Heritage Festival

E bicicletário, tem?

Quanto a bicicletários, até que acho q cidade bem abastecida. No centro, perto de shoppings e centros comerciais sempre tem algum lugar destinado a amarrar sua bicicleta. Nas faculdades, perto de bibliotecas e supermercados também. Eu até instalei uma cestinha na parte traseira da bike para poder carregar sacolas de compra.

Se não tiver bicicletário perto, o jeito é amarrar no poste, na árvore ou qualquer coisa do tipo.

IMG_1895
Quando não tem bicicletário, você prende no cano mais perto mesmo!

Nem tudo são flores…

Infelizmente, tem que se ficar atento ao roubo de bikes. Aqui em Edmonton já ouvi muitos relatos de bicicletas que desapareceram do bicicletário. Sim, esse tipo de furto é comum por aqui e por isso,  vale a pena investir em um cadeado bem resistente, como um u-lock por exemplo.

 

%d blogueiros gostam disto: