Junk food x Real food

Tem gente que se pergunta como é a alimentação no Canadá, principalmente devido à fama da América do Norte em consumir junk food em níveis extremos. Ok ok, é compreensível, ainda mais somado ao fato do Canadá não ter uma culinária típica assim tão proeminente quanto o Brasil (o único prato canadense famoso que eu conheço é a Poutine, que nada mais é do que uma batata frita com molho e queijo).

Socorro!!!
Socorro!!!

Se  você quiser comer na rua, vai invariavelmente cair no fast food mesmo. Aqui não tem restaurante a quilo e em Edmonton é difícil achar um buffet all-you-can-eat. Se quiser uma comida mais refinada, melhor procurar um restaurante a la carte. A comida internacional reina aqui: restaurantes asiáticos, italianos, mediterrâneos e mexicanos são fáceis de encontrar. Até uma churrascaria brasileira tem aqui! O nome é Pampa Steakhouse e serve rodízio de carnes ao estilo brasileiro (tem em Calgary tb).

Poutine, anyone?
Poutine, anyone?

Ah, uma dica: comida asiática e mexicana é apimentada de verdade. Não vem achando que só pq você come yakisoba no Brasil que vai se jogar nos pratos chineses e coreanos. Vai é tomar pimenta na cara! Se prepare!

Mas se você é que nem eu e prefere mesmo comer em casa, então pode ficar tranquilo que dá pra simular muito bem a comida brasileira! No mercado é fácil achar arroz (integral e branco), feijões variados, macarrão de todas as formas (comum, integral, sem glúten etc), legumes, carnes, temperos, manteiga etc etc etc. Os preços são parecidos com o Brasil, com o quilo do feijão custando entre 3 e 4 dólares (sem fazer conversão, ok galera?) por exemplo.

O que é MUITO barato aqui são os produtos processados/industrializados. Sorvete, biscoito, salgadinho (tem Doritos de todos os sabores que você pode imaginar), macarrão instantâneo, margarina (um trilhão de opções de margarinas) e vários outros são bem baratos e sempre tem altas promoções, além de uma variedade de marcas, sabores e tipos gigantesca. Eu preciso tomar cuidado para não cair em tentação e encher o carrinho de porcaria!

Lindt a menos de $4: yes, we can!
Lindt a menos de $4: yes, we can!

Mas a parte boa é que para os naturebas e adeptos da alimentação saudável as opções também são fartas! É fácil achar produtos orgânicos (não só legumes, mas também produtos industrializados, como iogurte, geléia, azeite entre outros) com uma diferença de preço não tão absurda (menos absurda do que eu encontrava no Rio, pelo menos). Além de algumas lojas especializadas em produtos naturais e orgânicos (como a Planet Organic e a Earth General Store), os supermercados comuns também tem lá sua oferta de orgânicos.

Além disso, vários produtos que no Brasil custavam uma pequena fortuna e inviabilizava comprar com regularidade, aqui eu compro com um preço bem acessível. No mercado aqui perto de casa eu compro meio litro de óleo de coco orgânico e meio litro de calda de agave também orgânica por $10 cada. Tofu aqui é baratíssimo e tem todas as opções: firme, macio, pasta… já comprei pedaço de tofu por $3! Linhaça também com um preço super atraente: $3,90 o Kg, comprando a granel. E o pão de forma integral que custa $2? É muito amor, gente! <3

O preço dos legumes e frutas é razoável em alguns casos, barato em outros e caro em mais outros. Acho o limão caro: 59 cents cada. Já a cenoura e a batata dá pra comprar a 99 cents a libra (pound, que dá cerca de 450g. Ou seja, uns $2 o Kg), e o tomate geralmente a $2 a libra. Apesar de aqui ter muito tubérculo, nunca achei aipim e batata-baroa (mandioquinha), dois dos meus favoritos =(

Quem quiser dar uma olhada nas ofertas do mercado que eu costumo frequentar é só clicar aqui.

OBS: Vou ficar devendo os preços das carnes, pq sou vegetariana e estou por fora dos parâmetros.

OBS 2: Estou organizando meu orçamento doméstico e depois faço um post mais geral sobre custo de vida incluindo os gastos mensais de supermercado.

%d blogueiros gostam disto: