Carteira de motorista, parte 2: Prova Prática

Eu já fiz um post sobre como os primeiros passos para tirar sua primeira carteira de motorista em Alberta, expliquei sobre o sistema GDL e falei da Learner’s. Agora vou falar da segunda etapa do sistema GDL: fazer a prova prática e sair da GDL 7 (a Learner’s, cheia de limitações) e ir para a GDL 5.

A principal vantagem da GDL 5 sobre a 7 é que você não precisa mais dirigir com alguém do seu lado. Sim, finalmente pode dirigir sozinho, ou com pessoas que não tenham carteira de habilitação no carro! Um avanço e tanto.

Aqui nesse arquivo explica melhor as condições de cada tipo.

Ótimo! Também quero! #Comofas?

Quem, como eu, teve que começar do zero (ou seja, chegou em Alberta sem habilitação brasileira), tem que esperar no mínimo um ano com a GDL 7 antes de poder tentar ir para a GDL 5. ACHO que quem já tem carteira não precisa passar tudo isso, mas não tenho total certeza — nesse caso, melhor perguntar no Registry Office mesmo (Dica para os que estão vindo ou já estão em Edmonton: tem uma brasileira trabalhando no Registry de Strathcona, na Whyte Ave. O nome dela é Thais).

Enfim, voltando. Para conseguir a GDL 5, você vai ter que enfim fazer a prova prática, o famoso Road Test.
Aqui, fazer auto-escola não é obrigatório (você pode ir no registry e agendar sua prova quando quiser), mas claro, isso é para quem já sabe dirigir ou tem alguém em casa para ensinar (tecnicamente, tem que ser alguém que não esteja no sistema GDL).

student-driver

Auto-Escola (Driving Schools)

Euzinha optei por fazer auto-escola. Existem várias aqui em Edmonton, com preços bem variados e vários programas. O mais comum é o programa básico para novatos, com 15 horas de aulas teóricas e 10 horas de aulas práticas. Sim senhor, tem que passar por todas aquelas aulas chatas sobre mecânica e primeiros socorros. Ao menos são só 15 horinhas hehe.
Algumas auto-escolas oferecem módulos online para a parte teórica. Eu fiz assim e foi super de boa. Você assiste vídeo-aulas em casa, pelo pc, e faz alguns testes online para testar seus conhecimentos. Passando nos testes, é só ligar para a auto-escola para poder marcar as aulas práticas (eles vão ver no sistema que você completou as aulas e passou nos testes).

As aulas

Aula prática aqui é parecida com as do Brasil: você agenda o horário, encontra o professor e pronto, sai dirigindo com ele do lado dando as dicas. Geralmente as escolas marcam aulas de 2 horas de duração, e o professor pode ir te buscar e te deixar em casa.

O meu professor foi um simpático indiano, com quem me dei muito bem. No final de cada aula, ele puxava a pranchetinha dele e dizia o que eu tinha que melhorar, como estava indo, o que já tinha melhorado de uma aula para outra e o que mais faltava eu aprender.

Ahhh, e aqui a maioria dos carros tem transmissão automática, o que eu acho que facilita MUITO na hora de aprender, já que você não precisa se enrolar com a marcha, o carro não tem grandes chances de morrer no meio da rua e você só tem dois pedais para se preocupar. Easy peasy!

Baliza? Tem isso também?

Yup. No Rio, eu aprendi a fazer baliza com aqueles marcadores, aqueles pinos que o professor colocava na rua para usar de orientação. Aqui, eu aprendi baliza fazendo entre dois carros estacionados na rua mesmo – real life, guys!

Sinceramente, achei mais fácil a baliza (chamada de parallel parking) aqui. No Brasil, eu tinha a impressão que tinha MUITAS regrinhas para seguir e eu ficava toda embananada. Aqui foi meio que pá-pum. Não tive grandes problemas com a baliza aqui como eu tive no Rio quando fiz auto-escola (e fiz 3 provas do Detran, no Rio. Reprovei as 3 justamente na baliza antes de mandar tudo e todos à merda).

E a prova????

driving

A prova prática dura cerca de 30 minutos e tem que ser pré-agendada. No dia marcado,você vai até o Registry com seu professor (ou sozinho, se não tiver feito auto-escola), entra na fila, dá sua carteira GDL 7 e espera o examinador.
O examinador então vai com você até o carro (eu usei o da auto-escola mesmo, mas você pode usar o seu, se você tiver), vai dar uma olhada nos faróis, nos pneus etc, e vai pedir para você mostrar alguns comandos do carro (ligar a seta, a luz de emergência, o freio de mão e coisas assim).

Aí ele vai dizer para você começar a dirigir e vai meio que guiar o caminho, dizer onde virar, mudar a faixa e coisas assim. Sim, você dirige em ruas normais, no meio do trânsito normal. Geralmente, em bairros menos movimentos, residenciais e tal. Mas vai pegar avenida, ônibus e caminhão passando do lado, etc.

O tempo todo ele vai fazer anotações em uma folha na prancheta, mas KEEP CALM (eu quase surtei quando vi que ele não parava de anotar todo o trajeto). No começo fiquei mega nervosa (ainda mais quando ele disse que dos 5 que tinham feito prova com ele naquele dia, 4 tinham sido reprovados. VALEU, CARA, TO MUITO MAIS TRANQUILA AGORA #SQN)

Mas fora isso, o cara era muito simpático e acabei relaxando e conversando de boas com ele o resto do caminho.

Além de dirigir, em algum momento o examinador vai pedir para você parar no meio fio para demonstrar como estaciona na ladeira (uphill ou downhill), e depois de mais um pouquinho de direção, vai pedir para você fazer baliza entre dois carros que estiverem estacionados em algum lugar.

Você tem três chances para fazer a baliza. Ou seja, se você fizer merda na primeira vez, pode tentar consertar. Eu fiz uma só =D

Pontuação

No final da prova, você volta com o carro para o Registry, estaciona de novo e ele puxa a bendita pranchetinha com todas as anotações e mostra tudo que ele notou durante o trajeto. Coisas que você fez errado, onde podia ter ido melhor etc.

Cada errinho desses, você perde ponto. Claro, tem coisas que eliminam de cara, e nesse caso, ele interrompe a prova na hora. Mas de resto, só no final você vai saber se passou ou não, já que ele não avisa dos erros enquanto você está dirigindo.

Depois de explicar tudo, ele vai somar os pontos que anotou. Você só pode perder até 75 pontos para passar no teste. Acima desse valor, você é reprovado.

Quantos pontos eu tirei?

75!!

Sim, fiquei ali no limite! Um errinho a mais e eu tava fora!

Uma coisa engraçada: meu professor tinha mencionado os 75 pontos, mas na minha cabeça, se você podia tirar até 75 pontos, era porque podia perder no máximo 25. Sei lá, cismei que a prova valia 100 e 75 era a nota mínima para passar.

Então imaginem minha cara de terror quando eu vi aquele tanto de anotação na prancheta e ele fazendo as contas e somando 75! Achei que eu tinha perdido 3x mais a quantidade de pontos que podia perder! Quase tive um troço!

Quando o examinador falou que eu tinha passado foi um alívio tão grande que eu quase abracei o cara, tamanha minha emoção! E só aí eu fui entender o sistema de pontuação!!! LOL

Carteira nova!

new_driver

Depois de aprovado, você volta para o Registry para dar entrada na carteira nova. Eles perguntam se você quer manter a foto da antiga ou se quer uma nova. Eu fiz uma nova, paguei a taxa, confirmei os dados (na carteira vão infos como peso, altura e endereço) e esperei a minha nova license chegar pelo correio.

Enquanto não chega, você ganha uma espécia de comprovante, um papelzinho, que indica que você tem habilitação e que está regularizada. A carteira chega na sua casa alguns dias depois.

Agora sou uma Class 5 GDL. O próximo passo, opcional, é sair do sistema GDL, fazendo uma nova prova prática (advanced road test). Mas preciso ficar pelo menos 2 anos no GDL ainda, então, por enquanto, acabaram-se meus relatos.

Se ficou alguma dúvida, só entrar em contato ou comentar aqui em baixo! 😉

12 opiniões sobre “Carteira de motorista, parte 2: Prova Prática

  • março 26, 2017 em 5:11 pm
    Permalink

    oi Juliana,foi muito bom encontrar o seu site ,adorei as dicas,eu tambem sou recem chegada no Canada,e sem carteira de motorista no Brasil e precisa comecar minha learners rapidamente,adoraria conhecer uma brasileira aqui perto de mim,topa?

    Resposta
    • março 27, 2017 em 10:26 am
      Permalink

      Ah, que legal, Nayara! Fiz um post sobre a Learners, você viu? Não deixe de estudar para a prova e tente fazer simulados também! Está aqui em Edmonton? Que legal, vamos tentar combinar algo sim =)

      Resposta
  • novembro 19, 2016 em 12:08 pm
    Permalink

    Se fosse no Rio no primeiro ponto é reprovada e se bobear os examinadores já cobram a taxa extra na sua cara mesmo, “vai pagar em dinheiro ou cartão?”. Uma máfia ¬¬

    Resposta
    • novembro 20, 2016 em 1:40 am
      Permalink

      No Rio, eu só era reprovada por motivo imbecil ¬¬

      Resposta
  • novembro 16, 2016 em 10:17 am
    Permalink

    Parabéns JU!!!! Finalmente com carteira! Quando eu for ao Canadá pode me buscar no aeroporto! Mas nem pensar em dirigir no Rio…aqui é terra de ninguém ?

    Resposta
    • novembro 16, 2016 em 3:42 pm
      Permalink

      Podexá que te busco, Nancy! o/ E Deus me livre dirigir no Rio, hahaha! Eu cheguei a aprender a dirigir aí, então reaprender aqui foi moleza, mas não encaro esse trânsito caótico daí nem morta!

      Resposta
  • novembro 16, 2016 em 4:54 am
    Permalink

    Parabéns! Que venha o próximo passo!
    By the way, eu fiz minha prova a duas semanas atrás, passei. Como já tinha carteira no Brasil, peguei direto a de experiente. Mesmo sendo bem parecido, tem coisa que é bem diferente, por exemplo: aqui na tem ladeira, então, nenhum teste relacionado a isso. Outra coisa, aqui são só duas vezes de parallel parking. Aqui não pegamos highway. Ah, e a mais diferente, aqui a pontuação para reprovar é 10. Tirou 10 ou mais, já Elvis.

    Resposta
    • novembro 16, 2016 em 3:37 pm
      Permalink

      É, cada província tem suas regras mesmo. Que bom compartilhar como são as coisas aí em SK! E aqui nem tem muita ladeira também não, mas a prova exige (é quase faz de conta haha, já que a inclinação é mínima). E a pontuação deve ser diferente também, já que o limite são 10 pontos, né? Aqui qualquer erro e eles tiram 5, 10 ou até 15 pontos de cara (por isso tem essa margem grande de 75 pontos).

      Resposta
  • novembro 16, 2016 em 4:52 am
    Permalink

    Eu fiz a prova para Class 5 Full e bombei ? A prova é muito tensa! 1 hora dirigindo é um horror! E eu dei o azar de uma ambulância surgir atras de mim no meio da whyte ave e eu surtei! Bombei com quase um milhão de pontos (hahaha quase!)
    Fiquei traumatizada e enrolei pra fazer de novo, agora vou ter que esperar a primavera pra fazer de novo! Sem chances de fazer essa prova (e pagar a pequena fortuna que ela custa) de baixo de neve.

    Resposta
    • novembro 16, 2016 em 3:40 pm
      Permalink

      Nossa! A Advanced deve ser tensa mesmo! Eu já fico nervosa com ônibus do meu lado, se aparece bombeira ou ambulância eu tb ia pirar haha! Bom, pelo menos você vai ter mais uns meses pra treinar haha! Faz bem em deixar pra primavera, com neve nem pensar! Eu fiz a minha em setembro, e algumas semanas depois teve neve! Já pensou se eu dava o azar de pegar neve no dia da prova?!

      Resposta
      • novembro 16, 2016 em 3:44 pm
        Permalink

        Um amigo meu teve o azar de marcar a prova pra aquela sexta que nevou quase 10 cm em outubro, lembra?! Mas aí ele desmarcou hahahaha não sei se refez e passou kkkkk

        Resposta
        • novembro 16, 2016 em 3:47 pm
          Permalink

          PUTZ!!! Muito azar! Eu teria desmarcado também, hahaha!

          Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: