Projeto 6 on 6 – Fevereiro 2017: Vida Selvagem

Ah, a wild life… Taí um tema bem canadense (pelo menos aqui nas bandas de Alberta, o pessoal se amarra em ir pras montanhas e acampar no meio do mato). Eu adoro a vida selvagem daqui, e já falei uma vez de como no Canadá eu tenho muito mais contato com a natureza (através das árvores nas ruas, dos inúmeros parques, lagos, rios etc etc etc) do que tinha quando morava no Basil, nosso querido país tropical.

E apesar de ainda não ter ido acampar e nunca ter visto um urso, já tive meus contatos com essa tal vida selvagem (nem tão selvagem assim). Aliás, nem precisa ir muito longe.

Cuidado: Ursos

Aviso de urso em Canmore

Não cheguei a ver nenhum, mas os avisos para tomar cuidado e não deixar comida dando sopa estavam por toda parte em Canmore (já leu sobre minha ida à Canmore?). Eu é que não vou arriscar, né?

Mill Creek Ravine

Vida selvagem em Edmonton

Já falei um monte de vezes sobre o Mill Creek Ravine Park aqui no blog, e volto a falar: essa belezura é um pedacinho (pedação, na verdade! O lugar é enorme) de wild life no coração da cidade. Tem esquilos, tem lebres e tem até coiotes! Cuidado ao passear a noite!

Elk Island

Rena em Elk Island (foto de Isabela Fernandes)
Foto de Isabela Fernandes

Eu ACABEI de fazer um post sobre a Elk Island, e já to aqui falando dela de novo! O Elk Island National Park fica pertinho de Edmonton (coisa de uns 45 minutos de carro) e é uma tranquilidade só! Tem lagos (claro que não são tão bonitos quanto os das Rockies, mas ainda sim, a paisagem é bacana), tem verde pra todo lado e tem, como o nome já diz, elks (alces). E tem bisão, e tem renas, e tem ursos… É só ficar rodando de carro que você consegue ver um!

Royal Alberta Museum

Royal Alberta Museum

 

Por que um museu numa lista de Vida Selvagem? Elementar, meus caros! O Royal Alberta Museum é um museu de história natural com um acervo lindíssimo! Se você tem algum interesse em saber mais sobre a natureza do Canadá e de Alberta, a visita é obrigatória. Vale super a pena!

Montanhas Rochosas

Rocky Moutains

Meio clichê (batido, talvez?), mas me diz como que eu vou falar de natureza selvagem sem mencionar as lindas cadeias de montanhas canadenses? A vista é uma coisa de louco, a calma e tranquilidade é divina, e o ar, purinho purinho. Está na minha bucket list ir acampar lá!

Muttart Conservatory

Muttart Conservatory

O Muttart talvez não seja o primeiro lugar que você pensa em se tratando de Vida Selvagem, mas eu achei que seria uma adição diferente. O Muttart é uma estufa, que representa diversos biomas do mundo. Isso significa que eles carregam a vegetação de vários ambientes — e ora essa, flora é também parte da vida selvagem, né? Lá não tem apenas plantas decorativas ou silvestres, mas também espécies de savanas africanas, planícies temperadas e até do ártico!

E agora, partiu ver as outras blogueiras? Como o Canadá é um país imense, vai ser divertido ver a vida selvagem de cada província

Ah, e esse mês teremos uma substituição! Sai a Jéssica, do Jess in Montreal, e entra a Thais, do blog Viajadora!

De bem com a vida — Mariana (Calgary)
Gaby no Canadá Gaby (Toronto)
ViajadoraThais (Vancouver)
Like a New HomeAdriane (Ottawa)
Embarque com a PriPriscila (Victoria)

%d blogueiros gostam disto: